O aumento no consumo de álcool durante o período de isolamento social provocado pela pandemia do novo coronavírus é preocupante. (Foto divulgação)

 

A promotora de justiça Cristiane Maia Lago, coordenadora do Centro de Apoio Operacional dos Direitos Humanos (CAOp-DH), promoverá, ao lado da psicóloga Graciela Feitosa, um debate sobre o tema “Prevenção às drogas e a pandemia da Covid-19”, por meio de uma live no Instagram do Ministério Público do Maranhão, às 17h, do próximo dia 25 de junho.

A atividade faz parte da programação da Semana Estadual de Prevenção às Drogas, promovida em parceria com o Fórum Estadual de Políticas sobre Drogas. O objetivo da live é difundir informações qualificadas sobre os problemas de correntes do uso indevido de drogas e promover o debate sobre as políticas públicas de prevenção, tratamento e reinserção social dos dependentes químicos.

 A escolha de um ambiente virtual para a discussão direcionada ao público estudantil se deu em virtude da suspensão das aulas da rede pública devido à pandemia do Covid-19. “A prevenção ao uso indevido de drogas precisa, mais do que nunca, ser realizada, considerando que uma das consequências negativas da pandemia da Covid-19 é o aumento do uso de drogas, em virtude das mudanças bruscas que ocorreram na vida familiar, profissional e social do ser humano. Muitos estão enfrentando esse momento com o uso indevido de drogas lícitas, como o álcool, remédios, e drogas ilícitas”, ressaltou a idealizadora da campanha, promotora de justiça Cristiane Maia Lago.

 CONCURSO DE POESIAS

Além do debate, durante a live será divulgado o resultado do concurso de poesias sobre o tema da campanha “Quem escolhe o seu caminho? Você ou as drogas?”, realizado em parceria com a Secretaria de Estado da Educação.

Participam da atividade alunos do ensino médio das seguintes escolas da rede pública estadual: os centros de ensino Barjonas Lobão (Cohatrac), Vicente Maia (Anjo da Guarda), Cidade Operária II (Cidade Operária), Sotero dos Reis (Centro) e Cônego Ribamar Carvalho (Cohab).

Serão analisados critérios como adequação ao tema, originalidade e criatividade. Cada escola selecionará os três melhores poemas e encaminhará ao CAOp-DH, que, por sua vez, escolherá três textos entre os 15 selecionados.

Os três autores escolhidos serão premiados com notebooks. Todas as escolas participantes receberão um kit de livros de prevenção às drogas, preferencialmente de autores maranhenses, para suas respectivas bibliotecas.(Fonte CCOM-MPMA)

Gostou? Compartilhe!
Share on Pinterest
Compartilhe com um amigo(a)










Enviar