Uma das recomendações é manter um cronograma capilar, aplicando máscaras de hidratação, nutrição e reconstrução dos fios (fotos divulgação)

 

O autocuidado é uma prática importante que pode e deve ser mantida durante o isolamento social contemplando corpo, alma, mente e cabelos! Seja para aproveitar melhor o tempo extra em casa ou para manter a qualidade e beleza dos fios, manter cuidados capilares básicos é a dica dada para esse período pela cabeleireira Rayane Santos, do Werner Coiffeur São Luís.

A principal orientação da profissional chama atenção, de fato, aos cuidados básicos. Pentear, hidratar, nutrir e restaurar a força das madeixas com a ajuda de máscaras e receitas caseiros são práticas ideais para o memento, nada de exageros. “Cortes e químicas devem ser eliminados da lista de cuidados caseiros. O melhor a fazer é aguardar o retorno das atividades e deixar que os profissionais cuidem dessa parte para evitar problemas e arrependimentos”, destacou Rayane Santos.

Rayane Santos, cabeleireira do Werner Coiffeur São Luís

Os cuidados devem começar antes mesmo da lavagem dos cabelos, que, preferencialmente, devem ser penteados com escovas tipo raquete e pentes de dentes largos, para garantir que os fios sejam desembaraçados sem quebras e traumas, lembrando de iniciar a penteação pelas pontas, seguindo pelo comprimento até chegar à raiz.

Durante a lavagem, utilizar água morna ou fria, jamais quente e aplicar o shampoo apenas no couro cabeludo, com movimentos circulares e leves feitos com as pontas dos dedos. “O shampoo é para ser aplicado exclusivamente no couro cabeludo, pois, nas pontas, podem acabar quebrando os fios, principalmente os mais finos e frágeis. É importante, também, ter o cuidado de não usar as unhas no momento de aplicar o shampoo, pois podem machucar e até causar infecções”, frisou a profissional.

Para hidratar os cabelos, a especialista indica, em especial a quem deseja fazer mechas após o período de isolamento social, adotar cronogramas capilares, técnica que consiste em intercalar máscaras de hidratação, nutrição e restauração para proporcionar qualidade e saúde aos fios. Os cabelos mais fragilizados, ressecados e opacos, receitas caseiras podem auxiliar na recuperação.

Ao usar pranchas ou demais procedimentos de calor, é importante aplicar protetores térmicos para manter os fios protegidos.

“Quando o cabelo estão com as pontas secas e sem brilho, uma boa prática é acrescentar algum óleo de cabelo à mascara, para que a umectação tenha seu efeito potencializado. Uma dica essencial é usar o condicionador após a aplicação da máscara, pois ele fecha as cutículas e garante que os nutrientes aplicados anteriormente fixem nos fios”, explicou a cabeleireira do Werner.

Quando o assunto é procedimento de calor, como secador, chapinha e babyliss, o cuidado também deve ser redobrado e o que a profissional recomenda é o uso de protetores térmicos antes de expor os fios às altas temperaturas dos equipamentos. “O ideal é que a prancha ou babyliss não passe mais de cinco segundos na mesma mecha e a recomendação para o uso do secador é que mantenha uma distância de três a cinco centímetros entre o equipamento e o cabelo, para não queimar nem danificar os fios”, destacou Santos.

Na hora de dormir, certifique-se de que os cabelos estejam completamente secos, para que os cabelos não sofram quebras durante a noite e não fiquem abafados. Quem gostar do efeito babyliss, pode trançar os cabelos antes de dormir e desmanchar ao acordar, as ondas estarão garantidas.   

Gostou? Compartilhe!
Share on Pinterest
Compartilhe com um amigo(a)










Enviar