Só o avanço da vacinação em massa pode chegar de fato ao fim da pandemia (Foto/Ilustração)

 

 

Um dos mais recentes boletins do Observatório da Covid-19, da Fundação Oswaldo Cruz, aponta o Maranhão entre os 22 que estão, no momento, fora da zona de alerta para a doença.

O estudo levou em consideração as taxas de ocupação de leitos destinados exclusivamente aos pacientes de Covid-19, que estavam abaixo da de 50%.

Apesar do alívio que os dados trazem, o médico infectologista Igor Thiago Queiroz, do Sistema Hapvida, destaca a importância de se avançar com a vacinação para que a pandemia, de fato, chegue ao fim.

“Todas as vacinas que estão sendo aplicadas no Brasil passaram por um estudo rigoroso que comprovou a eficácia delas contra a forma grave da doença”, diz o especialista, que pede para a população não deixar de tomar a segunda dose na data marcada.

Dados da Prefeitura

São Luís, a capital brasileira que mais vacina, ultrapassou a marca de mais de meio milhão de segundas doses aplicadas contra a Covid-19. Com esta marca, a cidade, que segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estática (IBGE), tem cerca de um milhão e quinze mil habitantes, atinge quase a metade de sua população completamente vacinada.

“Nosso propósito, desde o início da nossa gestão, é promover a saúde e o bem-estar da nossa população, combatendo a pandemia e a vacina, sem dúvidas, é fundamental neste contexto. Por isso mesmo, estamos muito felizes em saber que já imunizamos contra a Covid-19 mais de meio milhão de pessoas. São Luís é uma cidade comprometida com a saúde do seu povo e minha gestão tem trabalhado diariamente para que a gente possa disponibilizar as doses das vacinas para todos, inclusive as terceiras doses, cujo calendário também avança na capital, que, novamente, dá exemplo para o restante do país”, disse o prefeito Eduardo Braide.

Segundo dados do vacinômetro da Prefeitura de São Luís, na sexta-feira, 10, foi contabilizado um total de 521.294 aplicações da segunda dose das vacinas que integram o Plano Municipal de Imunização e disponibilizadas ao Município pelo Governo Federal, via Ministério da Saúde.

Para o secretário municipal de saúde, Joel Nunes,  esta é uma grande conquista, mas o trabalho deve continuar para que toda população seja imunizada.

“Pensar sobre o trabalho executado na campanha de vacinação e perceber que estamos alcançando, positivamente, resultados expressivos é, sem dúvidas, uma honra, e isso demonstra que estamos avançando no combate à Covid-19. No entanto, ainda há muito trabalho a ser feito, muitas pessoas a serem vacinadas, e a Secretaria Municipal de Saúde continuará trabalhando intensamente a fim de garantir que toda a população esteja com a imunização completa”, disse.  (Com informações da Secom/Prefeitura de São Luís)

Gostou? Compartilhe!
Share on Pinterest
Compartilhe com um amigo(a)










Enviar