O atleta Rafael Carvalho já participou de eventos no exterior, como o L’Etape du Tour de France 2013, em Annecy, França, e cinco vezes do Campeonato Brasileiro de Ciclismo (Fotos/Divulgação)

 

Três vezes Campeão Maranhense de Estrada e duas vezes Campeão Maranhense de Contra Relógio, entre outros títulos, Rafael Costa Carvalho, atleta master de ciclismo e profissional de educação física, com 37 anos de idade, dos quais 14 de pedaladas, aplaude a onda das bicicletas na cidade, mas destaca que essa prática exige compromisso e cuidados.

Além das competições locais, Rafael já participou de eventos no exterior, como o L’Etape du Tour de France 2013, em Annecy, França, e cinco vezes do Campeonato Brasileiro de Ciclismo, além de copas regionais do esporte. Já veterano, digamos assim, nesta atividade física, ele orienta aos iniciantes que o primeiro passo é criar metas e objetivos. Seja na bike, corrida, água, academia, não importa.

“Faça um compromisso com você mesmo, e, acima de tudo, crie hábito e tenha paixão em superar seus limites”, aconselha. Mas será que para ter um desempenho como o de Rafael, é preciso muito treino, muito preparo físico? Não necessariamente, responde ele.

“O Ciclismo é uma atividade Cíclica, essencialmente aeróbica, onde o condicionamento advém da repetição constante e disciplinada da modalidade. Mas caso a pessoa queira se aprofundar no esporte, aí sim deve procurar os complementos de performance para treinos específicos. Mas no geral, se tiver com exames médicos em dia é só subir na bike e pedalar. Cada dia superando seus objetivos. Seja distância ou tempo”, recomenda o atleta.

O conselho de Rafael Carvalho para quem está iniciando é fazer um compromisso com você mesmo, e, acima de tudo, criar hábito e ter paixão em superar seus limites

Aqui seguem outras dicas do campeão:

Sobre itens de segurança

“O capacete é o mais importante de todos. Mas é preciso também óculos, luvas e roupas leves e de cores vibrantes”.

Sobre o trânsito

“Sempre respeitar o Código de Trânsito Brasileiro. Andar pela direita, sinalizar com os braços tudo que fizer. Olhar para trás antes de qualquer manobra e de preferência olhar no olho do motorista do carro – eles costumam se sensibilizar mais”.

Sobre horário ideal

“O melhor horário para a prática do esporte em São Luís é das 5h até as 7h da manhã. O trânsito é bem mais tranquilo”.

Sobre lugares adequados

“A Litorânea e Via Expressa são excelentes para treinamento. Para lazer a Litorânea, o Parque do Rangedor e Península da Ponta Dareia são os melhores”.

Sobre grupos de bike

“Acredito que em São Luís existam pelo menos uns 20 grupos grandes de atletas inveterados em bicicleta. Dentre eles destaque para a SLZ Cycling clube, o BikeBrothers MTB team, o Litorânea Bikes, Pedal Bike clube, 3 Club Sport e Giro Team”.

Sobre ciclovias em São Luís

“É muito triste uma cidade tão bonita como São Luís não ter uma ciclofaixa para quem precisa se locomover com bikes. Para isso basta um planejamento nas grandes avenidas e tinta para pintar o asfalto! Basta querer e gestão. Já as ciclovias são um pouco mais trabalhosas mas também basta gestão, porque envolve mais estrutura de meios fios e calçadas. Mas nossa cidade merece há muito tempo ciclovias para trânsito e lazer com bikes. Inclusive tenho certeza que já existem vários projetos tanto na prefeitura quanto no estado”. 

Gostou? Compartilhe!
Share on Pinterest
Compartilhe com um amigo(a)










Enviar