Os cerimonialistas Gisela Diniz e Marcello Cláudio que promovem live técnica nesta quinta-feira para um debate sobre as perspectivas de retomada das atividades neste segmento (fotos divulgação)

 

Redução de aglomerações, novos formatos para eventos, regras mais rígidas de higienização. Como será o cenário futuro do mercado de eventos? Qual será o papel do cerimonialista na condução dos eventos remarcados, quando a pandemia do coronavírus perder força?

Para um bate-papo sobre o assunto, os cerimonialistas Gisela Diniz, chefe do cerimonial da Câmara Municipal de São Luís e Marcello Cláudio, formado em Relações Públicas e cerimonialista, ambos proprietários de empresas neste segmento; promovem nesta quinta-feira, 30, a live “O que realmente o seu cerimonial deve fazer”.

A live técnica, claro, vai ser transmitida, a partir das 21h, pelo perfil no Instagram de Gisela Diniz (@cerimonialgiseladiniz), tendo como público alvo clientes, como noivos, formandos, debutantes, empresas parceiras, e também colegas cerimonialistas interessados.

A ideia é buscar soluções para as questões as quais o mercado já está lidando e outras que possivelmente surgirão mais à frente, quando a retomada de eventos, ao menos em parte, virar uma realidade.

Com muitos eventos adiados, em São Luís há a possibilidade (sendo muito otimista) do mercado retomar a partir de julho, dependendo de como se comportar o controle da Covid-19.

Gostou? Compartilhe!
Share on Pinterest
Compartilhe com um amigo(a)










Enviar