O presidente do Skal Rio de Janeiro, Fábio da Luz Rodrigues; e a presidente do Skal Internacional do Brasil, a maranhense Ana Carolina Medeiros, no primeiro Encontro de Cúpula Skal sobre Economia Criativa e Turismo Verde, realizado no último sábado, 16, no Museu do Universo, no Rio de Janeiro (Foto Panrotas).

 

O dia 16 de junho, sábado passado, na Rio+20 e Você, foi marcado pelo debate de assuntos relacionados ao desenvolvimento sustentável no setor turístico com a realização do primeiro Encontro de Cúpula Skal sobre Economia Criativa e Turismo Verde, no Museu do Universo (Planetário da Gávea), no auditório Sérgio Menge.

O debate contou com a participação de autoridades políticas, empresários e lideranças setoriais, tudo sob comando do Skal Internacional do Brasil, associação que agrupa 120 mil dos mais importantes nomes do turismo mundial.

A abertura do encontro ficou por conta da presidente do Skal Internacional do Brasil, Ana Carolina Medeiros, do presidente do Skal Rio de Janeiro, Fábio da Luz Rodrigues, da presidente do Instituto Humanitare, Sheila Pimentel, e do diretor do Skal Internacional, Isaac Haim, que deram as boas vindas aos presentes e ressaltaram a importância do relacionamento entre o turismo e a sustentabilidade.

 “Foi uma grande satisfação participar deste megaevento, que agrupou várias iniciativas preocupadas com a economia criativa”, disse Ana Carolina Medeiros, durante o seu discurso.

Por volta das 11h, deu-se início o Painel Institucional Corporativo, que foi composto pela chefe Geral da Economia Criativa da Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD, sigla em inglês), da ONU.

A partir daí, começaram as apresentações de cases de sucesso por representantes das iniciativas públicas e privadas convidadas, que comprovaram a relevância do turismo em sempre andar de mãos dadas com práticas e ações sustentáveis.

Entre os casos, estavam os prêmios de sustentabilidade do Skal Internacional, citados pelo representante no Brasil da Green Globe Certification, Derik Lobo, e o desafio do megaevento Rio+20, citado pelo diretor Comercial da Terramar, operadora oficial da Rio+20, Rogério Frizzi.

Além deles, a gerente do Fundo de Desenvolvimento e Promoção Turística de Iguaçu, Thaisa Praxedes, falou sobre o trabalho de promoção local e da gestão e operação do Complexo Turístico de Itaipu.

 Por sua vez, o coordenador de Projetos da Superintendência de Inovação Social da Secretaria de Estado de Ciência Tecnologia e Ensino Superior de Minas Gerais, Cícero Henrique, citou diversos cases da Rede CVT (Centro Vocacional Tecnológico) com foco no turismo.

Gostou? Compartilhe!
Share on Pinterest
There are no images.
Compartilhe com um amigo(a)










Enviar