Expedição de Turismo visita sítios devastados da Chapada das Mesas

Nedilson Machado

Tasso Fragoso é um dos doze municípios do Polo Chapada das Mesas por onde passou a Expedição de Turismo, da Secretaria de Estado do Turismo (Setur-MA), que encerrou na última sexta-feira (15). Os paredões milenares dos morros do Elefante, Ladeira Vermelha e Frutuoso, localizados na região, guardam pinturas rupestres de baixo relevo que são de impressionar.

Atualmente, esses morros abrigam 72 sítios arqueológicos catalogados e documentados pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), em que os visitantes podem encontrar uma coleção de gravuras pré-históricas.

A Expedição se propõe a avaliar maneiras de potencializar o turismo, tendo em vista todos os atrativos existentes numa região, através de roteiros integrados. Segundo Aline Souza, superintendente de Regionalização da Setur- MA, “a Expedição de Turismo se tornou um momento oportuno para identificar as ações de cada município, as vocações, assim como as demandas no que se refere ao fortalecimento da governança local. E nosso papel é reforçar a importância da atuação integrada como forma de engrandecer o turismo nos polos turísticos maranhenses”.

As visitas técnicas ocorreram em mais de 15 atrativos do polo Chapada das Mesas que, além de deter o tesouro abandonado, concentra cachoeiras e balneários de beleza exuberantes no coração do cerrado maranhense, cuja relevância é um atrativo. Ao todo, foram cinco dias de trabalho intenso executado por três frentes de atuação da Setur.

A Expedição de Turismo também ofereceu cursos gratuitos de qualificação profissional, realizou palestras educativas, reuniões com gestores municipais de turismo e visitou empreendimentos turísticos nos municípios de Tasso Fragoso, Açailândia, Itinga do Maranhão, Imperatriz, Porto Franco, Governador Edison Lobão, Estreito, Carolina , Riachão, Fortaleza dos Nogueiras, Alto Parnaíba e Balsas.

Saldo de qualificação profissional

Através da Superintendência de Qualificação Profissional, foram capacitados 301 alunos nos cursos de ‘Qualidade no Atendimento para Bares e Restaurantes’, ‘Qualidade no Atendimento’, ‘Técnicas de Comercialização no Artesanato’, ‘Atendimento ao Turista’, ‘Mídias Sociais para Promoção do Turismo’ e ‘Boas Práticas para Manipulação de Alimentos’. Ao final, os participantes receberam certificados.

A estudante Raissa Oliveira, uma das alunas do curso de Qualidade no Atendimento para Bares e Restaurantes, no município de Riachão, destacou o aprendizado. “Sem dúvida esse conhecimento adquirido no curso irá me beneficiar, no futuro próximo, para que eu ingresse capacitado no mercado de trabalho. Agradeço ao Governo do Estado e aos professores pela oportunidade de conhecimento que foi oferecida aqui no nosso município”, frisou um estudante.

O superintendente de Qualificação Profissional da Setur-MA, Antônio Castro, ressaltou que o número de operador traduz o sucesso de mais uma Expedição de Turismo. “Estamos muito satisfeitos com a adesão e a participação da população nas ações da Expedição de Turismo da Chapada das Mesas. O interesse em aperfeiçoamento faz com que os moradores contribuam no desenvolvimento da cadeia produtiva do turismo nessa região”, disse o superintendente.

Satisfação nas ações da Setur

Outro que se disse satisfeito com as ações realizadas pela Setur-MA foi o presidente da Instância de Governança Regional (IGR) do Polo Chapada das Mesas e o secretário Municipal de Turismo de Estreito, Jackson Pereira. De acordo com o presidente da Instância, as ações das Expedições sinalizaram que o governo tem investido no Turismo.

“Agradecer ao governador Carlos Brandão e a secretária Socorro Araújo pelas ações em prol do turismo na Chapada das Mesas. Somos testemunhas da atenção que a Setur-MA tem demonstrado pela nossa região, com o objetivo de desenvolver o turismo nos municípios que compõem o Polo” , revelou Jackson Pereira.

A secretária de Turismo, Socorro Araújo, considera que “mais uma etapa das Expedições de Turismo foi concluída com sucesso e que, se a população e os municípios ganham protagonismo, capacitação, conhecimento e espaço de fala, ganham também os visitantes com uma cidade ou região devidamente preparada para recebê-los.”

Inclusive, outra prioridade do programa Expedições foi cumprir a agenda de reuniões com gestores municipais de turismo e comércio turístico nos municípios visitados. “Esse diálogo é fundamental para os próximos passos, após a roteirização dos atrativos maranhenses. Por isso, nos foi dada a missão de reunir todos os atores envolvidos no turismo, aplicando as diretrizes de uma gestão municipalista”, explicou o secretário adjunto do Turismo, Ruan Tavares.

Cadastramento e palestras nas escolas

Enquanto isso, paralelamente, o Cadastur visitou 33 empreendimentos turísticos presentes no Polo Chapada das Mesas para renovar ou realizar cadastros dos estabelecimentos no sistema da plataforma. E o Programa ‘Mais Infância, Mais Turismo’ sensibilizou 510 crianças e adolescentes com palestra educativa sobre o combate à exploração sexual no segmento do turismo.

Compartilhe este artigo