Carlos Brandão apresenta balanço de 100 dias de gestão e anuncia novos programas e ações estaduais nesta segunda-feira (24)

Nedilson Machado
Entre as novidades que serão anunciadas no evento do dia 24 estão os programas Minha Renda e Flanelinha Cidadão – Deixa Comigo (Foto/Divulgação/Secom)

 

Completar 300 obras em apenas 100 dias foi o primeiro desafio assumido pelo governador Carlos Brandão em seu segundo mandato como chefe do Poder Executivo maranhense. Na cesta de novos investimentos e políticas estaduais, obras de infraestrutura, equipamentos de saúde, novas escolas, investimentos em segurança, serviços de cidadania e dezenas de novos espaços públicos voltados para o lazer e o esporte. O resultado obtido em três meses será apresentado no auditório Terezinha Jansen, no Centro de Convenções Pedro Neiva de Santana, em São Luís, a partir das 9h.

“As pessoas querem melhorar a vida, as pessoas querem uma educação melhor, uma infraestrutura melhor e mais segurança. Queremos todas as áreas ainda melhores”, afirmou o governador, que entregará formalmente documento, com acesso em QR Code, à Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem), apresentando todas as obras prontas no período.

A Solenidade de Apresentação dos Primeiros 100 Dias de Governo será marcada ainda pelo anúncio de novos programas programados e o lançamento de mais ações nos municípios, confirmando a tradição de Carlos Brandão de seguir adiante às prefeituras de todas as regiões do estado.

“A promessa foi de 300 obras em 100 dias de governo. Esse foi o compromisso que assumimos em 1º de janeiro de 2023, ao sermos reconduzidos ao Palácio dos Leões, em frente a toda a população. E nós fomos além. Entregamos mais. Cumprir a meta é mostrar à população do Maranhão que é possível fazer, basta querer”, apresentou o governador ao completar o desafio.

Entre as novidades que serão anunciadas no evento do dia 24 estão os programas Minha Renda e Flanelinha Cidadão – Deixa Comigo. O primeiro é uma iniciativa da Secretaria de Estado da Cultura (Secma), que visa estruturar e padronizar trabalhadores ambulantes e profissionais informais, gerando emprego e renda. O segundo é uma iniciativa iniciada e intencionalmente coordenada pela primeira-dama do Maranhão, Larissa Brandão.

O Minha Renda fará a entrega de 2 mil carrinhos para venda de lanches, bebidas ou para outras atividades comerciais. Voltado para ambulantes e profissionais informais que não possuem estrutura adequada para desenvolver seus trabalhos, o programa oferecerá ainda fritadeiras, guarda-sol para cada carrinho, camisa padronizada, além de capacitação aos beneficiários.

Já o Flanelinha Cidadão – Deixa Comigo foi idealizado e será desenvolvido pela primeira-dama, Larissa Brandão, com apoio de sua assessoria e de órgãos do Estado e, entre outros objetivos, o programa vai desenvolver uma rede de apoio familiar e garantir educação de qualidade para guardadores ou guardadoras de carros que operam no entorno do Palácio dos Leões, sede do Governo do Estado.

Dois editais públicos serão lançados no evento para dinamizar a produção local. Um para seleção e contratação de associações e cooperativas (organizações fornecedoras) de laticínios (unidades de beneficiamento de leite e derivados), para a prestação dos serviços de captação, beneficiamento e transporte de leite pasteurizado integral, proveniente da agricultura familiar, no âmbito do programa Alimenta Brasil, modalidade de incentivo à produção e ao consumo de leite. A ação é coordenada pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Social (Sedes).

O outro edital, coordenado pela Secretaria da Pesca e Aquicultura (SEPA), vai credenciar aquicultores e pescadores, visando a futura formação de pescadores por parte do Estado do Maranhão, no bojo dos programas Mais Pescado e Mais Produção, ambos já em vigor.

Brandão vai assinar ainda Acordos de Cooperação Técnica (ACT) com municípios maranhenses, com a intenção de instalar e implantar novas unidades Viva/Procon e Estação Tech. Por meio da parceria com as prefeituras, o Governo do Estado vai lançar nova etapa da implantação de Estações Tech nas mais regiões do estado. O projeto, encabeçado pela Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), disponibiliza ponto tecnológico composto por 10 computadores conectados à internet, impressora 3D, smart TV, para facilitar a transmissão da cultura maker no Estado do Maranhão.

Compartilhe este artigo